BBP7zv2Todo ano, a temporada de Natal vem com aquele sentimento de correria e apreensão para fazer todas as compras de presentes a tempo, e, claro, sem gastar todo o nosso dinheiro nesse processo. Aqui vão 20 dicas para ajudar você a economizar dinheiro em suas compras de Natal.

Nenhuma regra obriga que você espere até dezembro (ou até novembro) para começar suas compras de Natal. Claro, elas podem ter início logo depois do Natal anterior, mas a maioria de nós não está organizada para isso. Em vez disso, comece a ficar de olho em promoções e liquidações durante todo o ano – e se você encontrar algo perfeito, aproveite.

Claro que todos queremos realizar o sonho dos nossos amigos e parentes a cada Natal. Mas as compras podem se acumular rapidamente se você tiver muitos presentes para encontrar, então tenha um orçamento razoável, seja para o todo das compras ou por pessoa, e faça o melhor para se prender a ele.

Muitas famílias grandes e grupos de amigos escolhem fazer um amigo secreto em vez de comprar presentes para cada pessoa. Tirar nomes no sorteio uns meses antes do Natal e colocar um limite razoável de gastos, para que ninguém se sinta desvalorizado ou muito privilegiado, são as regras básicas.

O Natal é divertido para todo mundo, mas ele é especialmente mágico para as crianças. Priorize os pequenos na festa e compre presentes apenas para eles. Os adultos podem ter prazer apenas confraternizando em volta da ceia e curtindo o momento.

Aqui no Brasil elas não são comuns, mas se você usar as meias tradicionais do Natal no hemisfério norte, em que as pessoas colocam seus presentes de Natal, pode economizar dinheiro. Isso porque elas são pequenas, sem dar espaço para presentes incrivelmente caros. Pode ser uma tradição nova e divertida!

Você faz bolos incríveis? Você faz tricô, crochê ou bordados? Ou talvez pinte, desenhe, faça esculturas ou outros tipos de artesanato? Quaisquer que sejam os frutos da sua criatividade, transforme eles em presentes para seus parentes e para seus amigos.

É uma pena para as lojas independentes, butiques e estabelecimentos de rua, mas a internet é normalmente o lugar mais barato para encontrar itens das suas compras de Natal. Cheque os preços dos varejistas para comprar livros, discos, filmes, brinquedos e jogos. E lembre-se: datas como Black Friday e Cyber Monday trazem boas ofertas.

O Papai Noel checa a sua duas vezes – você deve fazer o mesmo! Bem antes do Natal, sente e faça uma lista de todas as pessoas para quem você está comprando e o que você planeja dar para elas. Assim você terá um plano e não ficará tentado a gastar além do limite.

Quase todo dia aparece algum código de desconto em sites de compras, e muitas lojas físicas fazem cupons físicos disponíveis também na web. Antes de comprar, faça uma rápida busca por “cupom + nome da loja”: você pode encontrar ótimas ofertas.

Ele vai ser manipulado, amassado, rasgado e jogado fora – então por que comprar um embrulho bonito? Você pode comprar o papel no 1,99, ou então improvisar usando revistas antigas – ou até mesmo reaproveitar embrulhos de encomendas que você recebeu nos meses anteriores.

Algumas das pessoas na sua lista certamente prefeririam um dia ou uma noite passada com você, ou então uma ajuda em alguma coisa, a qualquer coisa que você pudesse comprar. Assim, leve sua tia para passear, faça as compras para sua mãe, ou vá ao cinema com seu melhor amigo.

Essa é uma máxima que muita gente esquece no Natal: nunca compre a primeira coisa que vier pela frente. Nunca aceite o primeiro preço que você encontrar de um item vendido por várias lojas. Hoje em dia, há apps e sites que informam onde encontrar o melhor preço para um produto, ou então faça um pouco de pesquisa por conta própria.

Se você não é muito bom fazendo tricô, bolos ou doces, mas quer dar algo feito à mão, vá alguma feira de artesanato, ou uma lojinha do seu bairro. Dê apoio aos artesãos locais, e não tenha medo de (polidamente) barganhar um preço dentro do que você espera.

Hoje em dia, existem várias opções de cartão de crédito no modo cashback, em que você recebe de volta uma parte pré-definida do dinheiro que gasta. Além disso, se você comprar online, há muitos sites de compras que fazem o mesmo. Combinando os dois, você pode deixar um pouco mais de dinheiro no bolso.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA