$Delimitada pelo Rio das Pérolas e o Mar da China /Meridional, Hong Kong é uma região administrativa especial da República Popular da China. A cidade é uma das regiões mais povoadas do mundo e suas línguas oficiais são mandarim e inglês — não à toa, afinal Hong Kong é um lugar cosmopolita e internacional, famoso por seus mais de trezentos arranha-céus e suas ilhas verdes ao redor.

De mercados de rua cheios de antiguidades a incríveis templos com videntes, a cidade é certamente capaz de te conquistar. Pensando nisso, o Guia da Semana listou 7 lugares imperdíveis para conhecer em Hong Kong.

O templo Youen Wong Tai Sin é um lugar frequentado por pessoas de todos os tipos, muitas vão ate lá para rezar, outras procuram um dos videntes para saber seu futuro. Mesmo que você não queira fazer nenhum dos dois, esse conjunto de altares, corredores e edifícios adornados certamente vai te conquistar. Seu nome, Wong Tai Sin, é uma homenagem à divindade homônima, que teria descoberto uma poção mágica de cura.

A Star Ferry não é exatamente um lugar, e sim, como o nome sugere, um tipo de balsa, mas você certamente não vai querer deixar de navegar nela. Esse tradicional meio de transporte é uma experiência que qualquer local vai dizer que é imperdível. Isso porque na água você tem o melhor ponto de vista para apreciar o belo horizonte de arranha-céus da cidade e certamente não vai se arrepender.

Outra incrível forma de apreciar a fantástica vista de Hong Kong é subindo ao topo da Victória Peak, uma montanha de mais de 500m de altitude no meio da parte ocidental da cidade. Você pode subir através da trilha, se estiver se sentindo atlético, ou pegar o famoso Peak Tram, um bondinho de mais de 120 anos de idade, que garante, também, uma bela vista panorâmica durante o caminho de quem vai até lá em cima.

O Ocean Park inclui um parque temático, um parque marinho e um zoológico. O parque tem dezenas de atrações, inclusive tobogãs e montanhas-russas ideais para os amantes de adrenalina. Os dois setores do parque, um no nível do mar e outro no topo de uma montanha, são interligados por um incrível teleférico com uma vista que certamente já vale a pena por si só.

A ilha Lamma é um bate e volta popular da região central de Hong Kong e basta pegar uma breve balsa para chegar até lá. Por lá, não existem carros, apenas belíssimas praias, montanhas para quem gosta de caminhar, e pequenas e simpáticas vilas, cheias de bons restaurantes para quem quer experimentar a culinária local.

Hong Kong é famosa por seus mercados de rua, mas o mais famoso e popular deles é o Temple Street Night Market. Como o nome sugere, as lojinhas de rua aparecem só depois que o sol se põe e tomam vários quarteirões. O mercado já é uma tradição na cidade e, lá, você vai encontrar relógios, móveis e diversas antiguidades, além de deliciosas iguarias.

O magnífico Tian Tian Buddha é uma estátua de bronze de mais de trinta metros de altura que se ergue acima de uma região verde de Ngong Ping. Ao lado do Monastério Po Lin — que também merece uma visita —, a enorme estátua simboliza a harmoniosa relação entre o ser humano e a natureza.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA