Comemorações de fim de ano estão chegando, e com elas desejos de bem e prosperidade ao próximo. E que tal produzir uma lista de pedidos, nela incluir uma vida repleta de qualidade, desde os momentos para serem vividos em família e amigos, no profissional, e ainda, no que vai a mesa?

Crie um ambiente prazeroso e com muito sabor para recepcionar as pessoas que quer bem, e servindo opções gastronômicas inesquecíveis, versáteis e com qualidade. Opções paraense, utilizando o Queijo do Marajó da Fazenda São Victor (produzido com leite de búfala), ganham versões exclusivas tanto salgadas quanto doces, e com toque especialmente marajoara.

O Queijo do Marajó da Fazenda São Victor, é a iguaria bubalina originária de Salvaterra, parte do Arquipélago da Ilha do Marajó, localizada no Estado do Pará, que por décadas tem conquistado público apreciador de queijo. O modo de produção é cem por cento artesanal, e considerado único no mundo, preservando tradição e costumes, além de proporcionar versatilidade na harmonização com as mais variadas opções salgadas e doces.

Além disso, o “Queijo do Marajó” é uma excelente sugestão para quem aprecia um bom e diferenciado aperitivo lácteo, podendo ser degustado com bebidas, como o vinho, a cerveja e até a cachaça.

A composição dos pratos tem um mix de sabores capazes de agradar os mais variados paladares, aguçando de forma singular.

Confira as sugestões!

Bom apetite e boas festas!

Entrada

Empada Marajoara – Point da Tapioca

Ingredientes

* 500g de farinha de trigo

* 250g de manteiga com sal

* 1 gema para pincelar

* Sal a gosto (Se julgar necessário, pois a manteiga já tem sal)

Recheio

850 g de Queijo do Marajó Fazenda São Victor (rende, em média, 70g para cada forma de empada do tamanho 2)

Molho para o recheio

* 500 ml Tucupi

* 15 g de amido de milho

* 300 g Folhas de Jambu

* Sal a gosto

Modo de Preparo

Massa

Coloque numa tigela a farinha de trigo e misture a gema com um garfo. Depois, acrescente a manteiga e comece a trabalhar com as mãos na massa até juntar toda a farinha e formar uma bola. Não gasta mais do que 5 minutos este processo.

A quantidade de ingredientes vai servir para 12 porções de empadas, utilizando as formas do tamanho 2.

Molho para o recheio

Limpe e lave as folhas de jambu. Reserve.

Em uma panela despeje, coloque água o suficiente para ferver. Ao iniciar o processo de fervura, coloque as folhas de jambu, e deixe ferver cerca de 15 minutos. Escorra e reserve.

Na sequência, em uma panela despeje o tucupi, adicione o sal (a gosto), e deixe ferver em fogo médio, por aproximadamente 40 minutos.

Em um recipiente a parte dissolva o amido de milho em ½ copo de tucupi, em temperatura normal (frio). Em seguida, crescente ao tucupi ainda em processo de fervura, mexendo bem até ficar com a consistência (textura) ligeiramente cremosa. Deixe cozinhar um pouquinho, e continue mexendo para não empelotar. Desligue e espere esfriar para rechear as empadas.

Cada empada leva como recheio, a porção do Queijo do Marajó, e também do creme do tucupi e das folhas de jambu cozidas. Coloque as quantidades de acordo com o que considera estarem bem servidas. Faça a tampa da empada e passe gema por cima de cada uma. Leve ao forno até dourar.

Prato Principal

Ravióli de Queijo do Marajó com Tomate Seco – Restaurante Graziella Belém

Ingredientes

* 200 g Trigo s/ fermento

* 3 Ovos (1 ovo inteiro e 2 gemas)

* Sal

* 2 Tomates

* 20 ml Azeite

* 200 ml Óleo

* 1 Dente de alho

* 1 Pitada de orégano desidratado

* 1 Pitada de manjericão desidratado

* 1 Pitada de salsinha fresca

* 250 g Queijo do Marajó Fazenda São Victor

* 125 g Tomate seco

* 50 g Manteiga sem sal

* 1 UND Plástico filme

Modo de Preparo

Tomate seco

Lavar e cortar 2kg de tomate maduro e bem vermelho e temperar com ½ colher de café sal e 1 colher de sopa rasa de açúcar. Colocar os tomates em uma assadeira e põe no forno para assar. Virar os tomates de um lado para outro de tempos em tempos até secarem. Temperar o tomate seco com duas colheres de sopa de azeite, manjericão, orégano, salsinha e um dente de alho. Armazenar o tomate seco em um pouco de óleo na quantidade até cobrir os tomates secos. Reservar.

Massa

Peneirar o trigo, fazer um vulcão e colocar 1 ovo e 2 gemas e misturar até ficar uma massa homogênea (Se a massa ficar muito seca, colocar 1 ou 2 colheres de água para a massa ficar mais macia). Sovar a massa até ficar lisa. Fazer uma bola, envolver em plástico filme e deixar descansar por 30 minutos.

Polvilhar a mesa com trigo, esticar a massa com rolo até ficar na espessura de 2 milímetros cortar em tiras retangulares de 30cm de comprimento x 10 cm largura. Distribuir o recheio (metade de queijo de búfala e metade de tomate seco) na primeira metade dos 10cm dando espaço de dois dedos entre um e outro. Umedecer a outra extremidade da massa e fechar para formar os raviólis. Tirar o ar, cortar em quadrados e fechar todos os lados da massa com a ajuda de um garfo, pressionando a massa.

Após a massa pronta, mergulhar os raviólis numa panela com água e sal fervendo, aquecer no fogo por no máximo 1,5 minuto para os raviólis não abrirem. Escorrer e colocar o molho previamente aquecido por cima e servir.

Molho

Colocar 2 colheres de manteiga sem sal na frigideira, derreter e adicionar orégano, manjericão e salsinha desidrata. Aquecer levemente com as ervas e jogar por cima.

Monte o prato de acordo com a sua criatividade!

Rendimento: porção para duas pessoas.

Sobremesa

“Raimundo e Maria” – Receita do Restaurante Ver-o-Açaí Belém

Ingredientes

Montagem

* 80 g de Queijo do Marajó Fazenda São Victor

* 30 g de doce de leite

Farinha de Chocolate

* 50 g de Farinha de Tapioca Fina

* 30 g de Chocolate em pó 75%

* 10 g de açúcar

* 1 pitada de Sal

* 50 gramas de Farinha de mandioca branca fina
Modo de preparo
Triturar a farinha branca com a farinha de tapioca até ficar quase homogênea.
Levar ao forno a 180 graus por 20 min. Ao tirar colocar numa frigideira, misturar o sal e açúcar, mexer até sentir que o açúcar se desfez, misturar o chocolate e separar

Montagem

Cortar 2 fatias de queijo do Marajó (40 gramas cada). Coloca -se a primeira no prato e aplica-se uma camada homogênea de doce de leite (30 gramas).

Em seguida, colocar outra fatia de igual proporção em cima formando um emparedado.
Com um maçarico gratina-se a superfície da 2a fatia e depois aplica-se nova camada de doce de leite. Para finalizar cobre-se com a farofa de chocolate

Está pronta a releitura paraense do Romeu e Julieta inventada pelo Ver-O-Açai Belém!

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA