Com a chegada da temporada mais quente do ano, que se inicia em 22 de dezembro no hemisfério sul, NESCAFÉ – a maior marca de cafés do mundo – lança uma edição especial limitada e inédita na grande indústria: o NESCAFÉ Fresh.

A hora e a vez das bebidas cafeinadas (e refrescantes) de verão, NESCAFÉ Fresh traz uma infusão de café gelado com sabores levemente gaseificado, disponível nas versões frutas cítricas com tônica e limão siciliano. NESCAFÉ traz um produto irreverente e que desafia o consumidor a experimentar e se surpreender com os novos formatos de cafés.

O produto está disponível apenas na flagship KitKat Chocolatory – localizado no shopping Morumbi, em São Paulo. O valor é de R﹩8,50.

Sobre Nescafé

Nescafé tem uma história estritamente ligada ao Brasil. Isso porque, na década de 20, o país passava por uma fase de supersafra de café, chegando a produzir 21 milhões de sacas para um consumo mundial de 22 milhões sacas. Os Estados Unidos ocupavam o lugar de maior comprador, mas com a crise de 1929 houve uma queda da renda da população e, consequentemente, redução das exportações brasileiras. Na época, o Brasil era quase exclusivamente dependente das exportações do café, e o governo brasileiro decidiu comprar e queimar 71 milhões sacas em uma tentativa de diminuir a oferta e aumentar o preço internacional. Nesse momento, o Departamento Nacional do Café sondou a Nestlé, na Suíça, perguntando se havia uma alternativa para industrializar o café mantendo seu aroma e sabor por mais tempo. Assim começou o desenvolvimento de Nescafé, lançado em 1938 na Suíça e em 1953 no Brasil.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA