O consumo do café gelado passa a fazer parte da rotina do brasileiro e das cafeterias, tomando como base a tendência que nasceu nos Estados Unidos. Os viciados em café ganham uma alternativa para tomar a iguaria nos dias mais quentes, além de beneficiarem a saúde com a bebida, que acelera o metabolismo e aguça a memória, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Café (Abic).

Na rede de cafés Santo Grão, a extração gelada do café é apelidada de “Cold Brew” e pode ser consumida de diversas formas. A versão “to go” custa R$ 14 e é vendida em embalagem reutilizável garantindo desconto para aqueles que retornarem o refil ao estabelecimento. A modalidade com nitrogênio fica por R$ 15. Já o “Cappuccino On The Rocks” leva o clássico servido com gelo (R$ 13).

Nos cafés do Le Manjue, especialista em alimentos orgânicos e funcionais, o café gelado é servido no drinque chamado de “Iced Coffee Le Manjue”, que é feito com dois shots de expresso, leite de coco, paçoca cremosa da casa, gelo e um toque de canela (R$ 12).

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA