Irreverente, autêntico e nostálgico. Assim foi o desfile de alta-cultura da Chanel desta temporada de Primavera/Verão. O evento reuniu grandes nomes do mundo da moda nesta terça-feira (21) no Paris Fashion Week, cujo primeiro dia bombou com coleções vibrantes e fluidas. A estilista Virginie Viard convidou o público a uma viagem pelo passado da icônica Coco Chanel, durante a infância no orfanato da Abadia de Aubazine. A passarela transcreveu a austeridade do período em uma paleta de cores sóbrias e designer histórico. As estampas inspiradas em vitrais, os detalhes do jardim rústico do mosteiro, as golas de colegial nos tailleurs e os negros das janelas na padronagem são algumas das referências que, unidas, traduzem o DNA da atemporal da maison. A mescla entre a leveza do tulê e os babados com os tecidos de camisaria ditam as tendências para as próximas estações.

1 – ESTAMPA INSPIRADA EM VITRAIS DO SÉCULO XII
O desfile da Chanel foi carregado de história. Através de estampas pastéis, a grife convidou o público para uma volta ao século XII. Esta viagem ao passada foi apresentada através das estampas de algumas peças da grife. Os traços poéticos e, ao mesmo tempo, geométricos traziam a relação com os vitrais antigos, que brilham nos monumentos parisienses. Vale investir em estampas com essa pegada mescla de geometria e vintage.

2 – APLICAÇÃO DE FLORES
Vai muito além de uma estampa! Nós já vimos que a mescla de padronagens está bombando nas semanas de moda no exterior, mas, em Paris, esta proposta foi além. Os looks contaram com aplicações de flores garantindo uma estampa floral vibrante. Os detalhes davam um ar 3D, destacando ainda mais a produção.

3 – BABADOS
Os babados seguem em alta nas coleções de alta-costura do Paris Fashion Week. Dessa vez, o volume ganha ainda mais destaque nas blusas e saias. Tirando o minimalismo de lado, o detalhe surge com pegada mais maximalista e com muitas camadas para potencializar o look.

4 – TULÊ
A fluidez estão bombando na Paris Fashion Week. Dessa vez, os looks possuem mais leveza. O tecido suave apareceu em vários looks do desfile da Chanel. O diferencial foi destacado tanto nas mangas como nas saias e detalhes do visual.

5 – XADREZ
O xadrez também bombou na passarela da Chanel. A padronagem ganhou destaque nos casacos como tailleurs e blazer. A estampa adquiriu mais sofisticação pelo tecido impresso, representando as referências colegiais da designer.

6 – CAMISARIA
Muito além do office look, a camisaria também é destaque. As peças de alfaiataria e linho apareceram em produções estilosas. A ideia era completar o visual mais elegante e chic, com direito a estampa e transparência.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA