O verão acabou e com o começo do outono a gente fica ansiosa para aderir às tendências de moda da nova estação. Para muitas mulheres que levam uma vida corrida, a melhor opção é ir às compras pela internet (de forma segura, conforme as dicas que já demos por aqui). Vestido, calça, peças jeans, saia, camiseta, acessórios e todos os itens necessários para renovar os lookinhos estão disponíveis em lojas virtuais que fazem a entrega na sua casa. Nada mais prático e confortável, não é mesmo? Você nem precisa ir até o shopping para procurar o que deseja: pelo celular ou pelo seu computador você encontra tudo o que precisa. Mas antes de começar a encher a sua sacola, o Purepeople reúne algumas dicas essenciais de compras de roupas femininas online (se você deseja comprar vestido, não perca esse guia de compras online). Confira!

NUMERAÇÃO DAS ROUPAS
Fique atenta antes de finalizar a sua compra. É importante checar se a numeração está correta e por isso a tabela com o guia de tamanhos é fundamental nessa etapa (“size guide” ou “size chart” em sites gringos). Vale frisar que cada país e lojas de compras têm um padrão próprio. Por exemplo: uma peça de roupa no tamanho “S”, será apontada como o equivalente a “36” no Brasil. É comum que os sites disponibilizem essas informações para facilitar as suas compras. Muitas vezes você encontra um link para preencher com as suas medidas (cintura, quadril, busto, ombros) e assim o site te oferece a medida correspondente na loja. Mas confira os comentários de outros clientes que compram a mesma peça, muitas vezes você encontra detalhes sobre caimento e medidas que vão fazer toda a diferença na sua escolha.

COMO TIRAR AS PRÓPRIAS MEDIDAS
Se a loja na qual você está navegando não oferece a tabela de tamanho padrão, é comum que disponibilize as medidas da roupa. Para evitar surpresas indesejáveis quando receber a sua peça em casa, recorra a uma fita métrica para medir as suas dimensões detalhadamente. Além de ter em mãos as medidas da cintura, quadril e busto, é importante incluir a região um pouco mais abaixo da cintura (você pode medir o cós de uma calça jeans para servir de exemplo no caso de comprar uma calça), além do comprimento do braço (do ombro até 2 dedos abaixo do punho), das pernas (do osso do quadril ao calcanhar) e entre os ombros. Lembre-se de que para medir a região dos seios, ao juntar as pontas da fita métrica você deve acrescentar de 3 a 4 cm se não quiser que a peça fique justa nessa região e se deseja usar sutiã com bojo. A cintura deve ser medida um dedo acima do umbigo, e não na altura certa do umbigo.

ATENÇÃO AOS TECIDOS
Fazer compras de roupas na internet exige uma atenção extra: a composição do tecido, normalmente disponível na definição da peça no site da loja, pode fazer toda a diferença na sua decisão. O elastano, por exemplo, tem menor chance de erro por conta da elasticidade. Esse tipo de tecido se adapta a diferentes silhuetas. Já a viscose, poliamida e poliéster tendem a retrair com o calor. O tecido tem total influência sobre o caimento da peça no corpo. Se você gosta de look mais fluido, como é o caso do cetim, que seguirá em alta no outono, vale a pena investir na compra. Por isso, fica a dica: preste bem atenção à composição da peça que você está comprando para evitar surpresas indesejadas após a primeira lavagem.

TROCAS DE ITENS COMPRADOS NA INTERNET
Antes de realizar a compra, certifique-se no site sobre a política de trocas. No próprio site ou nos canais de comunicação da loja virtual você saberá se o seu direito de troca é garantido pelo estabelecimento. Como costumamos indicar por aqui, sempre vale a pena checar os comentários dos cliente que já realizaram compras no local como mais uma opção de informação sobre experiências pessoais, positivas ou não. Importante: de acordo com o Procon, qualquer produto comprado na internet deve vir com nota fiscal (muitas vezes ele é gerado e enviado para o seu e-mail cadastrado no site) e a loja deve aceitar a correspondência de troca não incluindo a taxa para o cliente.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA